Quando for grande quero ser...

26-05-2015 20:47

    Nos tempos em que se preenchiam fichas biográficas à mão, uma aprendiza da qual não se recorda nome nem viso, escreve algo relativamente impercebível no espaço “que profissão sonhas ter” ou algo assim parecido. Ao ler não se entende logo o escrito e questionada a menina, a resposta sai segura: “Abanica de cantor ‘stora, aquelas raparigas que estão atrás dos cantores”. “Queres ser bailarina!” afirma-se. “Não stora, eu quero mesmo ser das que abanam no palco”. Ficou-se sem saber se este sonho terá sido consumado e hoje recordou-se o episódio!