Interlúdio!

17-12-2014 22:29

    As aulas acabaram ontem. Para ela parece que passou uma semana, duas. As crianças dão quefazeres, ensiná-las incita quem a isso se aventura. É um desafio abrir mentalidades, dar a conhecer mundos novos, fornecer ferramentas intelectuais, sociais emocionais para a vida futura.

    A par disso, nós, os professores, os que estamos sempre à procura da forma mais eficaz de os cativar e preparar para o mundo “lá fora”, enfrentamos outros despiques. São desafios estatísticos, repletos de metas, objetivos e intricadas fórmulas matemáticas consubstanciadas em livros constituídos por folhas de Excel, essa maravilhosa ferramenta contabilizadora de resultados. Modelos, grelhas, quadros, ora a negrito, ora com tabulação, atas, folhas de cálculo…

    E há as preocupações humanas, de constatar privações de alunos que não trazem material, por não o possuir ou por pura incúria de quem tem a obrigação de por eles prover, o compreender que alguns deles penarão para melhorar resultados…

    Por tudo isto, e muito mais que o cansaço já a impede de registar, duas horas demoram dois dias, uma ata ganha dimensão de Bíblia, uma folha de estatística revela-se mais desafiante que a subida de um qualquer monte Evereste. E ela, e eles, estão cansados. Mas farão o seu papel, entregarão avaliações e voltarão a lecionar, avaliar, preencher documentos e enfrentar os desafios. Por falar nisso, até já, ela tem que voltar ao batente.