Ambos os dois!

15-08-2015 10:52

    Há redundâncias curiosas na nossa língua, na forma como verbalizamos as nossas emoções e necessidades diárias, que talvez até espelhem as redundâncias das nossas vidas.

        Por vezes dizemos que vamos “subir para cima”, “descemos para baixo” e até “rodeamos a rotunda”. Há aqueles que querem alterar a sua vida e resolvam dar uma volta de 360 graus (rotação completa que nos coloca exatamente no ponto de onde partimos) numa tentativa infrutífera de o conseguir.

      Curioso ainda é quem considera que a palavra “ambos” deve ser acompanhada da especificação “os dois”, construindo assim a deliciosa expressão “ambos os dois”. Para que ficasse mais elucidada a reflexão melhor seria anexar uma explicação acrescida: poderíamos ficar com qualquer coisa como “ambos os dois simultaneamente e ao mesmo tempo”.

       Na linguagem, como na vida, a máxima “menos é mais” deveria ser aplicada com mais frequência. Como dizem os meus amigos anglófonos “keep it simple”. Na linguagem e na vida!